EMBRIÕES


As técnicas de biotecnologia estão hoje difundidas de tal forma, que, se tornam disponíveis a quem desejar usar esta importante ferramenta. Inicialmente a inseminação artificial possibilitou o acesso a material genético de touros provados encontrados em outros países, bem como, usar touros grandes campeões em importantes exposições em outros continentes. Além de possibilitar a utilização de touros que pereceram há vários anos.

Um novo passo na pecuária foi o uso da transferência de embriões, possibilitando a importação de material genético diferenciado, sem haver necessidade de transportar os animais vivos de um país para outro. Com os recentes focos de doenças infecto-contagiosas como, vaca louca ou febre aftosa, o transporte de animais vivos se torna arriscado, além de oneroso. Muitas vezes alguns animais importados não se adaptam ao novo ambiente, vindo a perecer pouco após chegar ao destino.

A transferência de embriões veio auxiliar ao criador neste sentido, sendo possível a incorporação de novos sangues, sem o perigo da possível perda do animal ou dos altos custos envolvidos para transportar um animal de um continente ao outro.

A Cabanha Santa Isabel está agora utilizando esta ferramenta de duas maneiras; através da importação de material genético das raças Shorthorn e Belted Galloway da Inglaterra e, disponibilizando alguns de seus ventres para comercialização de embriões.

Após pesquisar o registro genealógico da Shorthorn Society of United Kingdom and Ireland em sua quase totalidade. Encontramos alguns ventres que se qualificam em nosso rígido critério de seleção para doar embriões ao nosso programa de TE. Estamos fazendo nossa primeira importação de embriões da Inglaterra. Foram selecionadas através da genealogia, duas vacas Shorthorn no sul da Inglaterra.

Stonmour Fairy Barrington 19th S012, animal mocho heterozigoto, de pelagem vermelho pouco branco, é uma mescla de sangues britânicos, canadenses e australianos. Vaca de grande comprimento, larga de lombo e costelas profundas. Porém, a principal característica desta doadora é sua largura de cadeiras e cobertura de carne.


STONMOUR FAIRY BARRINGTON 19TH S12

STONMOUR THUNDER CLOUD

Stonmour Musical Clare, uma doadora de pelagem branca, mocha. Assim como Fairy Barrington é uma mescla de sangues britânicos, canadenses e australianos de antigas linhagens. Vaca muito profunda e com grande largura de lombo e cadeiras. Grande habilidade leiteira e materna. Neta materna de Horoscope of Upsall e bisneta de Unicorn of Upsall, sua linha materna vai até Kingsley Musical 19th.

STONMOUR MUSICAL CLARE

STONMOUR THUNDER CLOUD

O touro usado para padrear os embriões é Stonmour Thunder Cloud, que tem origem em antiga linhagem de animais "double purpose". Criados a décadas pela proprietária da Wharf Farm, Mrs. Thelma Blake, uma gentil senhora de mais de 82 anos de idade, mantem sozinha o seu plantel de Shorthorn no sul da Inglaterra, próximo a Bristol. Originalmente ela e seu falecido marido criavam Shorthorn leiteiro e de dupla aptidão, sendo por muitos anos detentores do recorde mundial de produção leiteira da raça, com 95.653 kg de leite, e 3.667 kg de gordura durante 12 lactações. Thunder Cloud descende desta vaca detentora do recorde mundial.

As vacas doadoras selecionadas não devem ter ascendentes com animais Maine Anjou, Irlandesas, Appendix americano ou canadense, nossa intenção é formar e manter um rebanho Shorthorn com 100% de pureza no Brasil. De qualquer forma, após o nascimento dos animais produzidos por estes embriões, será efetuada uma análise filogenética para comprovar a veracidade do pedigree. Fairy Barrington descende de uma linha de vacas de duplo propósito que se origina no rebanho Bates, um dos pilares de fundação da raça Shorthorn.

O programa de transferência de embriões também será aplicado na raça Belted Galloway. Foram adquiridos embriões de uma doadora Belted Galloway de pelagem negra. Nossa doadora, HAWKRIDGE DASARA, apresenta ancestrais de pedigree vencedor nas mais importantes exposições do Reino Unido. Sua genealogia apresenta genes de animais Dun Belted Galloway. Foi acasalada com BO, touro de linhagem aberta, importado da Dinamarca, possibilitando a manutenção da variabilidade genética no Brasil. Bo também apresenta ancestrais com genes Dun Beltd Galloway.

Durante a Expointer 2010 adquirimos embriões da raça Aberdeen Angus. Os acasalamentos adquiridos foram do touro Santa Sergia Tomy Rubio (Teniente) com a vaca Prince do Carumbé 839 e, SAV 004 Density 4336 com vaca Paineras Red Bull 4463.

Bo

Hawkridge Dasara

Ainda no ano de 2010, por ocasião da Conferencia Mundial de Shorthorn, ocorrida na Escócia e Inglaterra durante os meses de junho e julho. Adquirimos embriões de uma vaca da raça Lincoln Red oriunda da ST Fort Farm, de Newport on Tay, Fife, Escócia. Os embriões foram coletados da vaca ST. Fort Hetty G384, ventre aspado de genealogia 100% pura, registrado como “Lincoln Red Original population”. O touro usado no flushing foi o também 100% puro Biddlesden Great Expectations, vencedor de varias exposições na Inglaterra.

BIDDLESDEN GREAT EXPECTATIONS

ST FORT HETTY G384


Ainda importamos da Escócia embriões de Aberdeen Angus, todos vindos da Tofts Farms. Os embriões Aberdeen Angus foram coletados da vaca TOFTS FRANCES G157, selecionada dentre um rebanho de mais de 400 ventres, Frances foi acasalada com o touro BLACKHAUGH TIME F610.

Blackhaugh Time F610

Tofts Frances G157

Em julho de 2011 efetuamos o nosso maior projeto para melhoramento do plantel da raça Shorthorn da Cabanha Santa Isabel. Durante a Exposição de Palermo, em Buenos Aires, na Argentina, firmamos um convênio internacional com a Cabanha Tres Hojas, de Bahia Blanca, Argentina. Este convênio de grande importância para nós, a qual firma a importação exclusiva de embriões e sêmen de animais da Cabanha Tres Hojas. Os embriões da doadora DANTGIU ROSETTA REUQUE FLORIAE X137 (DOCTORCITA), que foi Bi-Grande Campeão de Palermo, além, de ser o primeiro animal da raça Shorthorn a ser clonado na América Latina. Doctorcita foi acasalada com MARIA LUCIA JUMBO 8167 (SALVADOR), touro de grande importância no rebanho argentino nos últimos 25 anos. Salvador foi Bi-Grande Campeão em Palermo e possui vários filhos e netos Campeões naquele certame.

DANTGIU ROSETTA REUQUE FLORIAE X137
(DOCTORCITA)

MARIA LUCIA JUMBO 8167
(SALVADOR)

DANTGIU ROSETTA REUQUE FLORIAE X137
(BI-GRANDE CAMPEÃ PALERMO 2008)

Esta parceria e sociedade com a Cabanha Tres Hojas nos orgulham por oferecer a possibilidade de usar com exclusividade genética de ponta Argentina, partindo com um dos melhores ventres, senão o melhor, disponível na Tres Hojas, a qual foi acasalada com o melhor touro Shorthorn da Argentina. Temos certeza de que estamos iniciando um trabalho conjunto que trará muitas alegrias a ambos os proprietários.

Voltar a página inicial