West Highland ou Scottish Highland

A Cabanha Santa Isabel é a primeira no Brasil a possuir animais Highland. Estamos construindo um "fold" como são denominados os rebanhos da raça Highland através de cruzamentos absorventes com sêmen de touros puros em vacas Shorthorn.

Atualmente estamos com animais meio sangue. Este ano enviamos uma fêmea meio sangue que nos parece ser muito bem caracterizada e que terá embriões coletados para produzir as primeiras fêmeas de segunda geração com 75% de sangue Highland no Brasil.

Santa Isabel Kyloe 01
(1/2 sangue Shorthorn e 1/2 sangue Highland)
Santa Isabel Kyloe 02
(1/2 sangue Santa Gertrudis e 1/2 sangue Highland)

Nossa intenção é importar mais sêmen de touros puros, em especial originados da Escócia e Inglaterra, bem como importar embriões de animais puros, para desta forma caracterizar a raça no Brasil.

Os primeiros resultados nos surpreenderam, pois os animais meio sangue nasceram com excepcional caracterização, com abundante pelagem e conformação carniceira marcada. Apresentam a característica forma de chifres da raça em tenra idade, possuem ótimo temperamento. O fator mais marcante foi a rusticidade, sendo possível engordar machos castrados em campo de baixíssima qualidade sem suplementação. Abatidos os animais renderam 52% de carcaça, 480 kg de peso vivo e 250 kg de carne fria aos 30 meses. Não houve nenhum problema de adaptação quanto ao calor de nosso verão, nem problemas ao serem submetidos à rigorosa seca que se abateu em nossa região neste verão de 2008/2009.

A raça apresentou terneiros de grande rusticidade. Vivazes logo ao nascerem demonstrando grande instinto de sobrevivência, inerentes a raça. O vigor híbrido foi algo marcante tanto nos terneiros como nas terneiras. Aguardaremos os resultados com as fêmeas com respeito a precocidade sexual e habilidade materna.

O West Highland ou Highland é uma raça escocesa muito antiga, a qual tem vivido por muitos séculos nas remotas Terras Altas (Highlands) localizadas ao norte da Escócia. As condições extremas criaram um processo natural de seleção, onde apenas os animais mais adaptados sobreviviam.


Glenisla Stud - Blairgowrie - Escócia - 2003.
Copyright: Jean Pierre Martins Machado

Originalmente existiam dois tipos animais distintos: o Kyloe negro, geralmente menor em tamanho por habitar as ilhas da costa do norte da Escócia e, um animal maior e geralmente de pelagem avermelhada a qual vivia nas remotas Highlands da Escócia. Hoje, as duas linhagens fazem parte de uma única raça, o Highland. Adicionalmente as cores das duas linhagens iniciais, negro e avermelhado, existem animais com pelagem amarelada, parda, branca, brazina e prateada. O primeiro Highland Herd Book foi estabelecido em 1884. Hoje a raça Highlands é encontrada por toda América do Norte, bem como Europa, Austrália e América do Sul.

Glenisla Stud - Blairgowrie - Escocia - Junho 2010.

Highlands requerem pouca ou nenhuma suplementação alimentar para manter boas condições corporais, de fato, o clima frio e a neve têm pouco efeito sobre a raça. Eles têm sido criados desde o Alaska e países escandinavos como a Suécia e Noruega, porém, a raça também apresenta boa adaptação ao clima quente, sendo criada com sucesso no Texas e Geórgia nos Estados Unidos, Austrália e África do Sul. A raça é encontrada no Peru, Chile e na Argentina.

Apesar de sua aparência incomum e selvagem, além de seus poderosos chifres, os Highlands são frequentemente tranquilos, tanto os machos quanto às fêmeas.

Carne de Highland - Royal Highland Show
Junho 2010 - Edimburgo - Escocia.

Embora o Highland seja uma raça de corte muito antiga, se adapta bem a condição requerida pelos mercados modernos. A raça possui carne magra, bem marmoreada, de sabor único e com pouca gordura de cobertura, pois a raça tem longa pelagem que a mantêm isolada do frio, não sendo necessário acumulo excessivo de gordura entre o couro e a carne para manter o isolamento térmico do animal. A carne de Highland é famosa e recebe frequentemente muitos prêmios em competições inglesas e americanas. Além de sua qualidade de carne superior, a raça tem excelente habilidade materna, uma rusticidade sem igual em outra raça de corte, aparência única e bela, realmente é o Highland é "uma raça aparte".

Highland ainda é uma raça exótica no Brasil, porém, possuímos sêmen de 2 touros argentinos Highland puros de ótima caracterização racial. Corium 56 e Corium 106 são filhos de GOF Ralph 21R em vacas argentinas de linhagens que remontam aos primeiros animais trazidos para a Argentina na década de 20.


Royal Show 2003 - Copyright: Jean Pierre Martins Machado

Royal Show 2003 - Copyright: Jean Pierre Martins Machado

Fotos:
Arquivo particular Cabanha Santa Isabel